Facebook RSS
Home Curiosidades Como surgiu a marca Mercedes-Benz?
formats

Como surgiu a marca Mercedes-Benz?

Toyota Museum - Benz Patent Motorwagen 1886 - replica

Lançada em 1871, a Benz & Cia foi a maior empresa criada pelo alemão Karl Benz. No dia 29 de janeiro de 1886, há 125 anos foi apresentado o primeiro automóvel da história, ou o primeiro carro movido a motor, patenteado por Karl Benz (1844-1929).  Karl Benz trabalhava tanto no desenvolvimento do “carro” quanto do motor. Ao mesmo tempo o inventor Nikolaus August Otto também patenteava os princípios do que conhecemos por ciclo Otto de quatro tempos.

Benz conseguiu dar um importante passo à frente unindo um motor que funcionasse perfeitamente com um carro que fosse propelido por esse motor, ambos foram desenvolvidos por ele, por esse motivo ele recebeu o título de inventor do automóvel. E esse título é motivo de muito orgulho para a Mercedes-Benz.Cópia de Patente Benz Motorwagon

A Daimler foi fundada por Gottlieb Daimler e pelo seu parceiro Wilhelm Maybach em 1890. Daimler viria a morrer em 1900 e Maybach deixou a empresa em 1907. Nessa época, a Daimler e a Benz eram grande rivais. Contudo em 1924, as duas empresas assinaram um acordo de ajuda mútuo devido à necessidade de estimular a economia germânica após a I Guerra Mundial. Este acordo viria a ser quebrado em 2000. Mesmo assim, as duas empresas criaram os seus próprios automóveis e as suas próprias marcas. Mercedes-Benz está associada à primeira e mais antiga linha de montagem de automóveis do Mundo. Em 1926, quando então se formou a empresa Daimler-Benz, um novo símbolo fora então criado para cada parte (Daimler e Benz).

O nome Mercedes veio de uma garota de 10 anos. Mercedes era a filha de Emil Jellinek, que era um comerciante natural de Leipzig, na ex-Alemanha Oriental, e se estabeleceu em Nice, na França. O nome Mercedes, espanhol, era sinônimo de sorte para ele. Tanto é que era o apelido carinhoso pelo qual ele chamava sua filha Adriana Manuela Ramona Jellinek.

Mercedes Jellinek a inspiração para o nome da marca era filha de um dos fundadores

Mercedes Jellinek a inspiração para o nome da marca era filha de um dos fundadores

Jellinek conheceu a marca Daimler nos anos 1890 e se tornou revendedor da marca em Nice. Porém, decepcionado com a velocidade máxima de 25 km/h o comerciante queria carros mais velozes, que ultrapassassem 40 km/h. E assim insistiu para que Gottlieb Daimler e o engenheiro Wilheim Maybach melhorassem seus motores.

No entanto a dupla relutou pois consideravam impossível ou, no mínimo, irresponsável. Mas Jellinek não deu o braço a torcer, insistiu que construíssem motores mais potentes e colocou os 40 km em sua conta, retirando assim o risco dos dois proprietários da marca. Assim que recebeu os quatro carros comunicou a dupla: “Vocês estavam enganados ao protestar; eu dirigi a 42 km/h! O carro não se desintegrou e nem eu me volatilizei”.

Jellinek era participante de competiçoes automobilísticas em 1898,  e recebeu um automóvel com motor dianteiro de quatro cilindros e 24 cv, o Phoenix. No ano de 1899 ele participou do rali Nice-Magognon-Nice como seu Daimler Phoenix, e o batizou de Mercedes pela primeira vez. O nome lhe trouxe sorte e Jellinek venceu o rali com o Mercedes. A partir daí os carros da Daimler foram aperfeiçoados e graças aos triunfos esportivos dos anos seguintes, a marca Mercedes se consolidou e foi registrada em 1902.

A estrela de três pontas foi desenhada por Gottlieb Daimler em que cada ponta representava o ar, a terra e o mar mostrando que os motores desenhados adaptavam-se a estes três meios. A estrela apareceu primeiramente num automóvel de um Daimler datado de 1901 e viria a ser usada então pela Mercedes-Benz. O círculo à volta da estrela viria a ser desenhada por Karl Benz juntando na parte inferior o seu nome. Porém até 1937, este símbolo não era usado.

Para ler mais notícias, clique em  blog.minasmaquinasautomoveis.com.br . Informações sobre a Minasmáquinas Automóveis visite nosso site. Siga-nos no Twitter e Facebook .

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
1 Comment  comments 

Uma resposta

  1. A persistencia valeu a pena ,.,,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *