Facebook RSS
Home Automóveis Mercedes-Benz Grand Challenge tem primeiro piloto paraplégico no grid
formats

Mercedes-Benz Grand Challenge tem primeiro piloto paraplégico no grid

img-21075-largada-do-mercedes-benz-grand-challengeHaverá uma estréia especial na sexta temporada do Mercedes-Benz Grand Challenge que acontecerá no Autódromo Internacional Velopark, em Nova Santa Rita, Rio Grande do Sul, entre os dias quatro e seis de outubro. Pela equipe RSports, Tales Lombardi dividirá a pilotagem de um Mercedes C250 Turbo adaptado com Gustavo Marques colocando seu nome na história da categoria como o primeiro piloto com paraplegia do grid. A expectativa de todos os envolvidos é alta em busca de um bom resultado.

Com 35 anos, Tales Nóbrega Lombardi, paulistano, viu sua vida mudar há sete anos quando sofreu um acidente de helicóptero. “Exatamente neste dia 19 de setembro, há sete anos, o helicóptero que estava pilotando teve uma pane no motor. Para não cair em um campo de futebol onde tinha crianças, joguei a máquina em um matagal e no impacto acabei fraturando a minha coluna”, fala Tales.

Tales trabalhou duro e conseguiu se reabilitar fazendo o que ama: correr. “Com a ajuda da minha família me recuperei e sigo minha vida normalmente, tirando o fato que agora estou dependendo da cadeira de rodas”, completa Nóbrega.

Desde 2008 disputando competições de kart adaptados como a Copa São Paulo de Parakart e as 500 Milhas da Granja Vianna, além de disputar o Campeonato Paulista de Marcas e Pilotos, Tales agora parte para um novo desafio. A disputa de um torneio nacional no Mercedes-Benz Grand Challenge. Sobre este passo à frente em sua carreira, o piloto fala. “Não estou conseguindo nem dormir por isso, não vejo a hora de começar”, revela.

“Meu maior objetivo é quebrar esta barreira para mostrar que pilotos com deficiência também podem competir. Espero conhecer bem o carro, consolidar minhas parcerias para ter um grande final de ano no Mercedes-Benz Grand Challenge. Por isso, quero muito, também, agradecer ao Gustavo, com quem vou dividir o cockpit do meu carro, e a equipe RSports, do Leandro Romera, por nos ajudar a realizar este sonho”, encerra Tales. Ao lado de Lombardi o também paulista Gustavo Marques completará a dupla.

Para possibilitar a pilotagem de um competidor paraplégico o trabalho de adaptação na Mercedes C250 Turbo está sendo realizado para construir um acelerador e freio com acionamento manual. Supervisando este trabalho e como equipe responsável pelo carro, a RSports, de Leandro Romera, recebe seus novos competidores de braços abertos.

Para ler mais notícias, clique em  blog.minasmaquinasautomoveis.com.br . Informações sobre a Minasmáquinas Automóveis visite nosso site. Siga-nos no Twitter e Facebook .

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *