Facebook RSS
Home Gastronomia Conheça o Parmigiano Reggiano, um dos melhores queijos do mundo
formats

Conheça o Parmigiano Reggiano, um dos melhores queijos do mundo

Parmigiano Reggiano

O Parmigiano Reggiano é considerados um dos melhores queijos, chamado também de Rei dos Queijos ele tem um sabor peculiar, forte e marcante.

Seu nome é devido ao seu lugar de origem, as províncias de Parma, Reggio Emilia, Bologna, Mantua e Modena, onde ocorrem a produção leiteira e o processamento do queijo.

O processo é feito sem aditivos químicos e a sua qualidade se deve aos cuidados com a alimentação do gado leiteiro, o processo demorado de envelhecimento e agentes naturais de fermentação do leite que fazem com que a textura e o sabor sejam ideais ao Parmigiano Reggiano.

Entre 1200 e 1300 foi a época em que o Parmigiano Reggiano alcançou o seu sabor e textura ideais, atingindo assim a tipicidade perfeita que é mantida até hoje. Por esse motivo a oito séculos é um dos melhores queijos existentes em todo o mundo, devido ao metodo de conservação dos aspectos nobres do Parmigiano Reggiano que não cederam ás tecnologias e automações.

Doce e suave, cheio de sabores e quebradiço ou com aroma de especiarias e textura granulada. Hoje, os selos que indicam a maturidade do queijo ajudam a escolher o Parmigiano-Reggiano D.O.P. (Designação de Origem Protegida) ideal para cada ocasião.

 

– Selo Vermelho: Parmigiano Reggiano amadurecido por mais de 18 meses. Este queijo tem uma base de leite um pouco distinta, com notas vegetais, como capim, legumes cozidos e, às vezes flores e frutos. O ideal é cortá-lo e servi-lo com aperitivos, e em particular os vinhos brancos secos, como acompanhamento de frutas frescas, como peras e maçãs verdes.

 

– Selo Prata: Parmigiano Reggiano amadurecido por mais de 22 meses. O sabor deste queijo é mais distinto, com notas de manteiga derretida, frutas frescas e cítricas, bem como tons de frutas secas. O queijo tem um sabor leve, balanceado, aromatizado e com textura granulada. É um acompanhamento ideal para vinhos tintos mais estruturados. Excelente quando servido em lâminas, sobre salada de frutas regada com Aceto Balsamico Tradizionale di Modena ou Aceto Balsamico Tradizionale di Reggio Emilia. Este queijo também pode ser servido com qualquer fruta seca e seu sabor fica incrível combinado com ameixas e figos secos.

 

– Selo Ouro: Parmigiano Reggiano amadurecido por mais de 30 meses (extra-forte). Este queijo, com os mais altos valores nutricionais, tem uma textura mais seca e granulada. Seu forte sabor de fruta com notas de especiarias aromáticas prevalecem. Um queijo tão distinto pede vinhos tintos mais encorpados ou vinhos brancos de sobremesa. É perfeito quando servido com Aceto Balsamico Tradizionale di Modena ou Aceto Balsamico Tradizionale di Reggio Emilia, e com diferentes tipos de mel.

Harmonização com vinhos

Um parmigiano reggiano é versátil, e harmoniza com diversos tipo de vinhos, porém sua melhor combinação é com o vinho tinto. Sua intensidade e textura pedem um vinho tinto de boa presença e intensidade. Pode ser combinado com Barolos e Barbarescos, que são uma ótima pedida, porém ele harmoniza muito bem, apesar de ser uma combinação ousada, com um Amarone Classico della Valpolicela. Apesar de ser seco, o vinho é elaborado com uvas passas, o que concede nuances adocicadas. Essa “doçura”, aliada a uma deliciosa acidez e um potente álcool, casa de maneira perfeita com o salgado e a textura do Parmigiano Reggiano.

Para ler mais notícias, clique em  blog.minasmaquinasautomoveis.com.br . Informações sobre a Minasmáquinas Automóveis visite nosso site. Siga-nos no Twitter e Facebook .

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *